Chi Running Explicado
Treinamento

Chi Running Explicado

Correr deve ser uma atividade quase sem esforço, na qual o corpo fica relaxado e trabalha com a gravidade, e não contra ela.

Correr deve ser uma atividade quase sem esforço, na qual o corpo fica relaxado e trabalha com a gravidade, e não contra ela.

Correr não deve ser uma tarefa árdua, mas sim uma atividade quase sem esforço, na qual o corpo fica relaxado e trabalha com a gravidade, e não contra ela - este é um dos princípios da Corrida de Chi.

O que é 'Chi Running'?

Chi Running foi criado por Danny Dreyer, um treinador de corrida e praticante de Tai Chi baseado em San Francisco. O objetivo da corrida de chi é ficar relaxado durante o movimento. Isso é obtido diminuindo sua percepção de esforço (RPE), independentemente de quão rápido você está correndo. Alcançar essa 'facilidade de esforço' envolve inclinar-se para frente a partir dos calcanhares (não da cintura ou dos quadris) ao correr. Isso, de acordo com Dreyer, permite que o corpo trabalhe, em vez de lutar contra a gravidade.

Um dos problemas mais comuns que vejo em corredores é que eles correm com o corpo na vertical ou ligeiramente inclinado para trás, o que os faz liderar com as pernas quando correm, em vez de liderar com a parte superior do corpo.-Danny Dreyer

“Um dos problemas mais comuns que vejo em corredores é que eles correm com o corpo na vertical ou ligeiramente inclinado para trás, o que os faz liderar com as pernas quando correm, em vez de liderar com a parte superior do corpo”, diz Dreyer. 'Isso causa um golpe de calcanhar, que aumenta o impacto com o solo e que, com o tempo, vai danificar os joelhos, quadris, faixa de TI ou tornozelos.' Para evitar isso, Dreyer defende golpear o solo com o meio do pé e permitir que a parte inferior das pernas simplesmente 'pendure' no ar.

Outro aspecto importante da técnica de Chi Running é manter uma boa estabilidade central, pois isso ajuda a distribuir o esforço da corrida por todo o corpo, em vez de forçar as pernas a fazer todo o trabalho.

Além de ser uma técnica de corrida específica, a 'Corrida de Chi' também é uma atitude em que o foco está no prazer do movimento, em vez de lutar e lutar para chegar mais longe, mais rápido. Os defensores do Chi Running acreditam que, além de melhorar a eficiência da corrida, também reduz o risco de dor e lesões.

Quem defende Chi Running?

Os convertidos à técnica de Dreyer incluem Catherina McKiernan, ex-vencedora da Maratona de Londres que agora treinou para ensinar Chi Running; Beryl Bender Birch, diretora de bem-estar do New York Road Runners; e Toby Tanser, um maratonista sub-2: 20 e autor de Train Hard, Win Easy . Esse suporte sugere que o Chi Running tem muito mais a oferecer do que simplesmente ser uma maneira fácil e confortável de correr.

Construindo uma base para corredores

“A maioria dos corredores deseja correr mais ou mais rápido em algum momento de sua carreira - mas sem uma boa forma de corrida, a distância adicional apenas aumentará o tempo que você está correndo inadequadamente e aumentará suas chances de se machucar”, explica Danny Dreyer. 'Além disso, se você tentar adicionar velocidade com uma forma de corrida inadequada, você estará ampliando os hábitos de movimentação inadequados que podem causar lesões'.

“O melhor lugar para construir uma boa base é tornar seus movimentos de corrida suaves, relaxados e eficientes. Então você pode adicionar distância ou velocidade sem arriscar ferimentos. '

Para obter mais informações sobre Chi Running, visite www.chirunning.com